quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Sou Muito Resistente




Busco forças dentro de mim, quando percebo que, ao meu redor, o solo já não está tão firme.
Quando o vento me balança, tentando derrubar meus frutos.
Minhas raízes se agarram naquilo que acredito.
Ofereço abrigo, alimento e proteção.
Mas sou sólida, casca grossa e não aceito poda de todo aquele que se aproxima trazendo, nas entrelinhas, sua má intenção".
(Inês Seibert)

domingo, 12 de agosto de 2018

Simplesmente Mulher


Ela se aceitava, com os defeitos e tudo, e se perdoava pelos erros que havia cometido.
Mais do que isso, parecia viver o momento sem pensar no passado nem no futuro.
(Nicholas Sparks)

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Sou Assim!



Eu me experimento inacabada. Da obra, o rascunho, do gesto, o que não termina.
Sou como o rio em processo de vir a er.
A confluência de outras águas e o encontro com filhos de outras nascentes o tornam outro. O rio é uma mistura de pequenos encontros.
Eu sou feita de água, muitas águas.
Também recebo afluentes e, com eles, me transformo. O que sai de mim cada vez que amo?
O que em mim acontece quando me deparo com a dor que não é minha, mas que, pela força do olhar que me fita, vem morar em mim?
Eu me transformo em outros?
Eu vivo para saber o que do outro recebo leva tempo para se decifrado.
O que sei é que a vida me afeta com seu poder de vivência.
Empurram-me para reações inusitadas.
Tão cheias de sentidos ocultos.
Cultivo em mim o acúmulo de muitos mundos...
Um dia sou multidão; no outro, sou solidão.
Não quero ser multidão todo dia.
Num dia, experimento o frescor da amizade. No outro, a febre que me faz querer ser só.
Eu sou assim.
SEM CULPAS.
(FÁBIO DE MELO)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...