quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Minha melhor pose

Momentos de Inspiração 16ª Edição



Quando a gente era criança...
Acontecia muita peripécia e nossos entes queridos tiravam fotos para a posteridade...
Ficamos adolescentes e já contávamos com menos fotos pois já não achavam graça em nós  como antes... É a vida!!!
Veio a mocidade e guardamos nós mesmos fotos com todo fervor e alegria típicos da juventude sadia...
Já na fase da  maternidade  nos esgotamos de tirar fotos de todos os detalhes dos nossos pimpolhos amados...
Nada fica despercebidos e babamos retratinhos por onde vajamos e até com quem, antes, havíamos desdenhados as deles... (sem pensar)...
A maturidade nos acerca e diminuímos a intensidade das imagens pois nos dizem que pode ser narcisismo... aí nos 'policiamos' de algo tão bom pois a memória já vem falhando desde aí...
Quando bem maduros, voltamos a ter necessidade de registar tudo em nossa volta pois precisamos muito das cores e de imagens bonitas perpetuadas em nossos cérebros já cansados...
Pois bem, o fato é que as fotos sendo tiradas por nós ou por um bom (a) amigo (a) fotógrafo (a) vale sempre... é ternura em forma de papel... clip... vídeo ou similares...
Vamos fotografar?
Retratar o que  de bonito tem a vida... a nossa vida... o mundo ao redor... para incentivar que o que vale, afinal, é o bem viver e os detalhes significativos para que tenhamos um mundo a repassar para os nossos descendentes...
Vamos dizer ao mundo que fomos, somos e seremos felizes?
Pois bem, câmera em ação!!!
Façam a pose... digam X... Olhem o passarinho... 
Como você ri ao tirar a foto?
Se fosse representar em foto a sua vida, como o faria?
Uma das que representam a minha está aqui abaixo:
(Janeiro 2013)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Deixe-me acreditar que o Pequeno Príncipe vez ou outra deixa seu asteroide e vem me visitar. "

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...